sexta-feira, 4 de junho de 2010

Chuck.

Meu rato esta dormindo no meu bolso agora. A paz que esse pequeno bichinho me traz é inexplicável. 'É só um maltido rato', 'Que nojo!' é o que todo mundo ou a maioria das pessoas diz sobre ele. Mas é lindo sabe? Os pelos branquinhos, as patinhas minúsculas, os olhos vermelhos... ele é lindo. Quando largo ele no chão para correr por aí, vem até mim. Pede carinho esfregando sua pequena cabeça na minha mão, se aninha na minha nuca no emaranhado de cabelos e dorme. Eu posso ouvir ele respirar bem no meu ouvido, calmo, sereno. Quando acorda coloca as patinhas pra frente e boceja, só consigo olhar e sorrir. É tão lindo vê-lo acordar. Quando faz aquele rangido pidão com os dentes, quando corre e parece um coelho em miniatura pulando, eu me encanto.
É só um rato, eu sei. Mas não é nojento. Minha ligação com ele é tão forte que eu preciso chegar em casa e pegá-lo no colo, fazer carinho e sentir ele bem pertinho de mim. É só um rato, mas eu o amo.

Um comentário: