segunda-feira, 26 de outubro de 2009

loneliness

Depois de tanto tempo eu já sei que é inútil insistir,sei que nada vai acontecer porque não tinha mesmo que acontecer;estás mais distante do que nunca,teus olhos não encontram mais os meus a tanto tempo. Como eu queria te tocar novamente,sentir o teu calor; não posso nem implorar pra me deixar ficar,porque tu não estás aqui,e se bem me lembro,nunca esteve. Deixou eu cair e sangrar sozinha,sem ter porque levantar; falou da boca pra fora, tantas palavras bonitas,essas que eu insisto em escutar,em acreditar mesmo que seja só naquele momento. Me cansa essa luta constante entre razão e coração, a certeza de saber que nada é real, mas ainda assim sonhar que um dia vai ser.
Quando tuas mãos tocam nas minhas, mesmo que seja o mais breve possível, eu já não sou mais eu; eu caio,e não consigo ouvir outra coisa além da tua voz,que sempre insisto em escutar esperando que seja uma vez real;essa voz que escuto com a certeza de saber que o pior está por vir. O nosso infinito sempre se desfaz,o mais bonito pra mim já se tornou algo tão comum para você; e o que eu sinto é vazio,o vazio de saber que todas as tuas palavras já serão pó amanhã. Eu penso muito no amanhã. V

sábado, 17 de outubro de 2009

so let me go.

Se não me queres,então deixa-me ir. melhor estar sozinha e longe de ilusões do que ter-te ao meu lado enquanto seguras as mãos dela. saibas tu que brincadeiras tem limites,e com sentimentos não se brinca. aviso-te,meu amor,que a paciência desta que te espera esta no fim; e as cicatrizes que tens deixado neste coração não vão se curar jamais. não finjas que te preocupas,eu sei que não. Não tente dizer que nada fazes,porque sabes,bem no fundo,sabes o que fazes. Falas tanto da boca pra fora,provocas tanto estas ondas de calor que percorrem o meu corpo, e ao invés de olhar nos meus olhos,com ela foges. Foges porque sabes,que aqui tem um coração destruído que ainda te quer,foges porque sabes,que quando voltares,ele ainda estará aqui. Destrói tudo que há de bom em mim,e voltas,como se nunca tivesses ido embora,espero um dia me cansar dos teus olhos,meu amor. Ah,eu cansarei.

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

simple plan,my loves.


Três coisas que escrevi pra eles hoje,que eu acho que definem muito bem,mas não suficientemente,o quanto eu amo essa banda. Acho digno incluir eles aqui,pelo menos uma vezinha.

Eu amo vocês.Amo,amo com todas as minhas forças,amo tanto que nem consigo explicar;as pessoas podem falar o que quiserem,chamar de modinha,dizer que é só uma fase,mas esses cinco anos que vocês fazem parte da minha vida são o suficiente pra provar que não é clichê.Não,é um amor,maior do que qualquer coisa que eu já senti.É mais que simples admiração pela música,é mais que me identificar com cada palavra que dizem,eu AMO VOCÊS incondicionalmente,amo cada um de vocês 5;Chuck,David,Jeff,Pierre e Sebastien,cada um com o seu jeitinho,cada sorriso,cada gesto,a voz de vocês,a forma como cada um é tão diferente do outro,e o quanto se completam,dando continuidade a melhor coisa que aconteceu na minha vida,o Simple Plan.E eu sinto falta daquele 18/03 todos os dias,embora não pareceça.Uma parte de mim morre cada dia que eu não vejo vocês ali,na minha frente.Mas é minha melhor lembrança,e não importa o quão longe estejam,são vocês,o meu motivo de sorrir. EU AMO VOCÊS,INCONDICIONALMENTE. E nada vai tirar vocês de mim ♥

Cantem,cantem o mais alto e claro possível,cantem para mim.Façam mais e mais lágrimas cairem dos meus olhos,tantas lágrimas de alegria,tantos sorrisos que me arrancam só de pensar em vocês. Cantem,e tirem de mim tudo que há de ruim,cantem e me façam esquecer todos os problemas,toda a dor de não estarem por perto.Cantem,façam com que eu sinta que estão aqui.Cantem,me deixem ouvir suas vozes mais uma vez,repetidamente,incansavelmente,como se o resto do mundo estivesse em pausa,e só o que existisse fosse esse momento,a música,tomando todo o meu coração,preenchendo o meu ser. Cantem e sejam mais uma vez,a melhor parte de mim. ♥

Pierre Charles Bouvier: Eu me pergunto porque estas tão longe. É tão injusto, um sentimento tão bonito escapando por entre meus dedos,só porque estás lá,do outro lado do mundo. Meu amor,meu gordinho,make it real. Preciso da tua voz. Eu te amo meu Charles,eu te amo. te amo,te amo,te amo... ♥

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

you're not the one.

É que cada vez que eu penso em você comigo,sei que é um sonho.E toda vez que eu digo que te amo,é pra mim mesma.Você já não está mais aqui para me escutar.E quando você ria,ria das minhas piadas que sequer tinham graça,quando me procurava na saída da escola,nem que fosse só pra dar um 'Oi'.
Todo momento perto de você era perfeito.Meus dias eram sempre tão bons,tão repletos de alegrias,sorrisos. Agora já esta tudo escuro,pra onde você foi? Onde esta aquela pessoa que fazia meu coração bater tão forte? Eu quis te ter só pra mim,mas quis demais...Você foi apenas um sonho,tão bom que cedo acabou.Uma mentira.
E toda vez que fecho os olhos,é por você que perco a razão,viajo para outro mundo,sem direção.Mas se não é recíproco,então realmente não vale a pena,não é pra ser. Porque perto de você,eu ficava tão boba,e mesmo tentando fingir que está tudo bem,não esta. E quando eu escuto da tua boca que eu sou idiota,aí sim,eu tenho plena certeza,de que não é você.
Não é você que vai me fazer feliz,afinal a única coisa que tens feito é me machucar cada dia mais;não é você que eu quero amar pro resto da vida,não pode ser você.
Esquecer...Pudera eu simplesmente esquecer,passar por você e simplesmente sorrir,sem sentir esse vazio.
De qualquer forma eu deveria agradecer;por fazer tanta questão de ser insignificante e me fazer entender,que por mais que eu te ame,não é você o que vai fazer parte de mim.
Eu mereço mais,muito mais.